segunda-feira, 30 de abril de 2018

ALUNOS DO 11ºA - CAVALEIROS ANDANTES DO SÉCULO XXI

Na aula de português, os alunos da turma A do 11º ano descobriram Antero de Quental, a sua personalidade complexa e o seu génio criador. 


Após terem  lido e explorado o "Palácio da Ventura", um dos seus mais célebres sonetos, marco da poesia portuguesa do século XIX, transformaram-se em sujeito lírico do sonho e criaram o seu próprio poema.

Neste blogue vêm partilhar as suas obras para que todos as possam apreciar. Basta abrir os comentários para os ler e comentar.


Venham conhecer os poetas do 11º A.

quinta-feira, 26 de abril de 2018

BIBLIOTECA ESCOLAR PROMOVE SESSÕES DE LITERACIA DA INFORMAÇÃO E DIVULGA MODELO DE TRABALHO ESCOLAR DO AGRUPAMENTO


Terminaram esta terça feira, dia 24 de abril, as sessões de literacia da informação promovidas e dinamizadas pela professora bibliotecária da biblioteca da Escola Secundária de Alcochete, Eduarda Azinheira, nas turmas de 10º ano da ESA.


Com indicação do Conselho Pedagógico, após este ter determinado o modelo a seguir para a apresentação de trabalhos escolares, a referida professora deslocou-se a uma aula de cada turma do 10º ano, a fim de divulgar esse modelo, explicar como elaborar referências, citações e transcrições, de acordo com as normas APA, 6ª edição, e informar os alunos do sítio onde podem aceder a essas informações sempre que necessitarem, a página Web da biblioteca da Escola Secundária.




A professora bibliotecária aproveitou ainda para fazer uma sessão de literacia da informação com o objetivo de apresentar aos alunos algumas técnicas de recuperação da informação na Internet que lhes permitam fazer pesquisas de forma mais veloz e eficiente, alertando para a necessidade de exercer sempre o espírito crítico e os princípios éticos na hora de utilizar conteúdos selecionados na Internet.




As sessões foram muito apreciadas pelos alunos, que as avaliaram, na sua grande maioria, como muito interessantes ou interessantes.

ALUNOS DO AGRUPAMENTO FORAM VER A PEÇA "ID - A TUA MARCA NA NET".


No passado dia 17 de abril, as turmas de 9º ano da escola D. Manuel I e 5 turmas do 11º ano da Escola Secundária de Alcochete deslocaram-se até ao Fórum Municipal para assistir à representação da peça “ID, a tua marca na net” promovida pelo projeto Comunicar em Segurança da Fundação PT.



O Fórum encheu-se de alunos que acompanharam com interesse e alegria o elenco de atores conhecidos de todos , Alexandre Silva, Pedro Górgia, Tiago Aldeira e Vicente Morais, numa divertida comédia que ilustra, com situações caricatas e divertidas, os perigos do uso inconsciente da Internet e suscita a reflexão de todos sobre os nossos comportamentos pouco responsáveis nas redes sociais.




A este propósito, os alunos do 10º ano PTAGD declararam que consideravam a atividade muito pertinente, pois "os atores retratam situações vividas no nosso dia a dia, no que diz respeito à dependência do telemóvel, publicações descuidadas nas redes sociais, comunicação e encontro com desconhecidos, criação de perfis falsos, cyberbullying, perigos resultantes da distração com telemóveis e jogos".


Foi, de facto, um momento muito agradável e enriquecedor, que alguns alunos quiseram registar com uma fotografia junto dos atores.


Para além de promover a reflexão e o espírito crítico dos jovens face à Internet, este evento também apelou ao espírito solidário dos alunos, pedindo que contribuíssem para reunir um donativo a entregar à associação Solar do Mimo, centro de acolhimento para jovens em risco, à razão de 1 euro por espetador.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

“AS LETRAS SÃO COMO ASTROS, CADA PALAVRA É UM SISTEMA, UM LIVRO É UM UNIVERSO DE SABER”.,

“AS LETRAS SÃO COMO ASTROS, CADA PALAVRA É UM SISTEMA, UM LIVRO É UM UNIVERSO DE SABER”.

Esta é a frase do jovem Miguel Reis, aluno da ESA,  que serve de inspiração para o concurso literário  que a biblioteca escolar da escola secundária de Alcochete decidiu promover este ano letivo.

ESCREVAM LÁ OBRAS PRIMAS
COM OU SEM RIMAS!





REGULAMENTO DO CONCURSO

No âmbito da semana da leitura lançada anualmente pela Rede de Bibliotecas Escolares, a biblioteca da escola secundária decidiu promover um concurso literário destinado a todos os alunos da escola.
A entrega dos trabalhos decorrerá durante todo o mês de fevereiro até ao final da primeira semana de março, na biblioteca da ESA.

Os alunos podem escolher duas modalidades, prosa ou poesia.

Cada aluno pode apresentar até 3 obras a concurso em cada uma das modalidades.
As obras apresentadas devem todas conter pelo menos uma vez as palavras ler ou leitura.

As obras devem ser entregues em suporte de papel dactilografado com a seguinte formatação:
- os poemas deverão ter no máximo a extensão de uma página A4, com espaçamento 1,5, corpo areal e página com margens a 2,5, em baixo, em cima e dos lados;
- os textos em prosa não poderão ter menos de uma página A4 nem exceder duas páginas A4, com espaçamento 1,5, corpo areal e  margens a 2,5, em baixo, em cima e dos lados.
No final dos textos, deve constar o nome e a turma do autor bem como a sua assinatura e a data de entrega.

O júri será composto por quatro elementos: a professora bibliotecária da ESA e três outros docentes do agrupamento a designar.

No dia 22 de março de 2018, serão anunciados os três primeiros lugares em cada modalidade do concurso.
Os vencedores do concurso terão a possibilidade de ver divulgados os seus trabalhos nos diversos portais digitais e em vários espaços da escola e do agrupamento.

Todos os trabalhos apresentados a concurso poderão igualmente ser divulgados na página da biblioteca se os autores assim o desejarem.

Aos vencedores de cada modalidade será entregue um prémio.

A todos os concorrentes será entregue um certificado de participação.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

SEMANA DA INTERNET SEGURA - VAMOS USAR A NET SEM ARRISCAR!

"Cria e partilha com responsabilidade: uma melhor internet começa contigo" 

Este foi o lema do Dia da Internet Mais Segura, 6 de fevereiro, em 2018, iniciativa europeia que visa sensibilizar as populações, com particular enfoque nas crianças e jovens, para praticarem uma navegação segura, crítica e esclarecida da Internet e dos dispositivos móveis.




Ontem, os alunos dos cursos profissionais de informática, 10º, 11º e 12º GPSI, orientados pelos sua professora Olga Rodrigues, dinamizaram no espaço da biblioteca da escola 2/3 El Rei D. Manuel I, sete sessões com  turmas do quinto e do sexto anos, envolvendo 173 alunos.





Os alunos da área de informática do ensino profissional alertaram os colegas mais novos  para a necessidade de utilizarem criteriosamente a Internet e responderam a todas as questões que lhes foram colocadas. Acabaram as sessões com um jogo de Verdadeiro / Falso e verificaram assim, que os participantes tinham apreendido as informações transmitidas. Podem agora dizer:

VAMOS NAVEGAR SEM NOS AFOGAR!

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

APURADA VENCEDORA DA FASE DE ESCOLA DO CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

Foi no passado dia 23 que decorreu a fase de escola do Concurso Nacional de Leitura deste ano letivo.

Os concorrentes tiveram de realizar uma prova a popósito da obra de José Eduardo Agualusa, A Vida no Céu, mostrando a qualidade da sua leitura,

A luta foi renhida, mas, este ano, o regulamento do concurso foi revisto e apenas pudemos apurar um vencedor, em vez dos três habituais. Foi difícil porque havia vários concorrentes com pontuações muito póximas!

Porém, regulamento obriga, apenas uma das concorrentes foi selecionada, tratando-se de MARIA RITA VICENTE FONSECA, da turma A do 12º ano.

Mesmo assim, todos os concorrentes estão de parabéns por terem participado neste concurso que celebra a leitura.


Debate no agrupamento no DIA DO PERFIL

O que devem saber os alunos ao concluírem o ensino obrigatório? 


Decorreu na passada sexta feira, dia 19 de janeiro, no auditório da ESA, o segundo momento de reflexão sobre as estratégias a implementar para que as metas indicadas no documento do Perfil do aluno, desenhado pelo atual Ministério da Educação, sejam uma realidade no nosso agrupamento.



Estiveram presentes os representantes eleitos nas assembleias anteriormente realizadas na escola básica El Rei D. Manuel Iº, para os 2º e 3º ciclos, e na ESA para o ensino secundário.


Debateram-se essencialmente duas grandes questões decorrentes da análise das atas das assembleias anteriormente realizadas com todas as turmas: 


"Se eu fosse diretor/a, o que mudaria na escola para que esta se tornasse melhor, para que todos os alunos aprendessem de acordo com os seus interesses e necessidades e pudessem atingir o Perfil?"
e
"Se eu fosse professor/a, como organizaria as minhas aulas para que todos os alunos aprendessem e o “Perfil dos Alunos” fosse alcançado? "

Também se propuseram medidas da responsabilidade do Ministério da Educação, pois também este organismo tem de assumir responsabilidades sobre o assunto, já que as escolas não têm, por si só, os meios suficientes para implementar todas as medidas necessárias.




O debate foi muito participado e dele se retiram conclusões que ficaram consagradas numa ata a entregar na direção.


Finalmente, foi eleita  como representante no “Fórum de Escola” a aluna Andreia Ferreira da turma 12ºC. A referida aluna transmitirá, nessa ocasião, as conclusões da assembleia do Ensino Secundário. No fórum também estarão presentes os representantes eleitos no 1º, 2º e 3º ciclos, sendo que, deste modo, todo o Agrupamento estará representado e  todas as propostas poderão ser apresentadas.  

Os alunos estão de parabéns pelo seu dinamismo, responsabilidade e civismo, bem como todos os intervenientes neste proveitoso exercício de democracia.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

PALESTRA DE HISTÓRIA MEDIEVAL NO AUDITÓRIO

Na próxima quarta feira, dia 24, a escola secundária do Agrupamento de Escolas de Alcochete tem o prazer de receber o Professor Doutor Miguel Gomes Martins, especialista em história medieval e com vários trabalhos sobre a história militar dessa época.

Este reputado investigador que integra o Instituto de Estudos Medievais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa irá, na sua palestra, dar a conhecer todas as vicissitudes  que levaram à conquista de Lisboa aos muçulmanos por D. Afonso Henriques com o apoio dos Cruzados.


A conferência destina-se a professores e alunos interessados em saber mais sobre esta época primordial tão decisiva para a formação da nossa consciência nacional.




sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

À BIBLIOTECA, OS ALUNOS VÊM FAZER TRABALHOS COM OS SEUS PROFESSORES

Os alunos vêm à biblioteca, regularmente, fazer trabalhos individuais ou de grupo, quer na sala de leitura quer na zona dos computadores. 

Por vezes, os professores trazem as suas turmas, sem marcação prévia, para fazerem pesquisas, mas tal só é possível quando se distribuem pelas diferentes áreas para não prejudicar os restantes utilizadores. Como a biblioteca só dispõe de 10 computadores, colocados num espaço exíguo que não comporta, em segurança e adequado ambiente de trabalho mais do que 15 alunos em simultâneo, os procedimentos têm de ser cumpridos de modo a manter o adequado clima da biblioteca.



No entanto, quando devidamente preparado e combinado entre os docentes e a professora bibliotecária, os professores podem frequentar à biblioteca com os seus alunos para  realizarem pesquisas bibliográficas e nos computadores em período de aula. Esta é, sem dúvida, uma mais-valia para a aprendizagem dos alunos!

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

PALESTRA CORES E TONALIDADES NO AUDITÓRIO

No âmbito do programa de Educação para a Saúde do Agrupamento, e numa parceria com a CPCJ, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, a associação rede ex aequo realizou na quinta feira passada, dia 11, várias sessões de debate e esclarecimento sobre as temáticas da orientação sexual, identidade e expressão de género.

Decorreram várias sessões, abrangendo um total de 8 turmas do ensino regular, profissional e CEF, ao longo das quais, os representantes da associação procuraram desconstruir preconceitos e estereótipos negativos associados aos que saem dos padrões no que à orientação sexual diz respeito.









Foi uma boa oportunidade para falar abertamente desta temática que ainda é tabu na nossa sociedade, mas que afeta muitos jovens no seu quotidiano.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

BOM ANO 2018 A TODOS OS UTILIZADORES DA NOSSA BIBLIOTECA!

Entrámos num novo ano! 
É sempre momento de esperança na renovação!
É sempre um recomeço e vem muitas vezes acompanhado de decisões de mudança na nossa vida!

Aproveitem para recolocar a leitura nas vossas agendas tão preenchidas! 
Um livro é sempre um mundo por descobrir!

Bom ano 2018



Deixo-vos aqui um poema de Carlos Drummond de Andrade sobre esta quadra festiva: 

Passagem do ano


O último dia do ano
não é o último dia do tempo.
Outros dias virão
e novas coxas e ventres te comunicarão o calor [da vida.
Beijarás bocas, rasgarás papéis,
farás viagens e tantas celebrações
de aniversário, formatura, promoção, glória, [doce morte com sinfonia e coral,
que o tempo ficará repleto e não ouvirás o [clamor,
os irreparáveis uivos
do lobo, na solidão.

O último dia do tempo
não é o último dia de tudo.
Fica sempre uma franja de vida
onde se sentam dois homens.
Um homem e seu contrário,
uma mulher e seu pé,
um corpo e sua memória,
um olho e seu brilho,
uma voz e seu eco,
e quem sabe até se Deus...

Recebe com simplicidade este presente do [acaso.
Mereceste viver mais um ano.
Desejarias viver sempre e esgotar a borra dos [séculos.
Teu pai morreu, teu avô também.
Em ti mesmo muita coisa já expirou, outras [espreitam a morte,
mas estás vivo. Ainda uma vez estás vivo,
e de copo na mão 
esperas amanhecer.

O recurso de se embriagar. 
O recurso da dança e do grito,
o recurso da bola colorida,
o recurso de Kant e da poesia,
todos eles... e nenhum resolve.

Surge a manhã de um novo ano.
As coisas estão limpas, ordenadas.
O corpo gasto renova-se em espuma.
Todos os sentidos alerta funcionam.
A boca está comendo vida.
A boca está entupida de vida.
A vida escorre da boca,
lambuza as mãos, a calçada.
A vida é gorda, oleosa, mortal, sub-reptícia.



ANDRADE, Carlos Drummond de. "A rosa do povo". In: Poesia completa.. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2002.

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

ALUNOS REALIZAM TRABALHOS DE BIOLOGIA COM O PROFESSOR NA BIBLIOTECA




Os alunos não vêm à biblioteca só para utilizar os computadores - fazendo trabalhos, pesquisas ou ocupando os seus tempos livres - sozinhos ou em pequenos grupos. Vêm, muitas vezes, também para estudar em grupo ou passar algum tempo tranquilamente, folheando uma revista ou consultando o telemóvel, durante os tempos livres ou nos intervalos.


        


Mas, há ainda outras formas de utilizar este serviço da escola e de dar uso a todo o espólio que os responsáveis pela biblioteca têm vindo, a custo, a reunir, a classificar e a organizar!


Por vezes, alguns professores decidem utilizar este serviço e tudo o que ele oferece para virem com as suas turmas descobrir os recursos existentes a fim de realizarem trabalhos, no âmbito dos conteúdos curriculares que  lecionam. 
A professora bibliotecária e os professores que apoiam a biblioteca, ajudam os alunos a encontrar os livros que possam conter informação pertinente para os seus trabalhos. Este método de consulta pode ser considerado mais fiável e mais fácil de usar do que a informação que surge,  muitas vezes, de forma  dispersa na Internet. O apoio aos alunos pode ainda consistir na  validação  dos sítios e artigos que consultaram na Internet. A  equipa da biblioteca está sempre disponível para ajudar os seus utentes sempre que estes  não encontram algo que necessitam para os seus trabalhos, sejam eles pessoais ou escolares.

Foi o caso do que aconteceu nestas últimas semanas, nas aulas de Biologia/Geologia das turmas 10B e 10C1, com o professor Renato Ribeiro. Em conjunto,vieram fazer um trabalho sobre "A influência do homem nos ecossistemas".




É um prazer ver os alunos distribuírem-se em pequenos grupos pela biblioteca, quer em volta das mesas, quer frente às estantes quer nos computadores. Sempre empenhados e calmos, sem prejudicar em os restantes utentes da biblioteca.

Os membros da equipa da biblioteca, após a frequência dos alunos,  ficam com muitos livros para voltar a arrumar nas prateleiras, mas tal função é realizada com prazer, pois agrada-nos saber que  biblioteca está a cumprir plenamente o seu papel!

Como é natural, não podem vir todas as turmas para a BE ao mesmo tempo ter as suas aulas, mas, quando previamente concertado com o serviço da biblioteca, é, certamente, uma mais valia para os alunos.

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

Abriu esta semana mais ume edição do 
CONCURSO NACIONAL DE LEITURA.

INSCREVAM-SE COM O PROFESSOR/A DE PORTUGUÊS OU NA bilbioteca

Eis o cartaz de divulgação do evento:

Temos na biblioteca três exemplares para emprestar aos interessados

Mais uma vez, vimos desafiar os nossos alunos leitores a participar nesta iniciativa, não só pela possibilidade de ganhar prémios aliciantes, mas também para mostrar como a leitura pode ser estimulante e ajudar quem lê a compreender melhor o mundo, a descontrair entre o estudo e os testes, a enriquecer a sua experiência e os seus conhecimentos.

Este concurso proporciona momentos de partilha e debate em torno dos livros, o que é sempre agradável para quem lê.


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

PALESTRA SOBRE ASTRONOMIA NO AUDITÓRIO


Esta manhã, para iniciar o dia em beleza, logo pelas 8 e 20 da manhã, alunos das turmas 10 A, 11 A e 11 C deslocaram-se ao auditório da biblioteca da ESAL, para ouvir o engenheiro Ricardo Gomes e conversar com ele a propósito da investigação dedicada à exploração do espaço. 


Ele veio testemunhar a sua experiência e mostrar como esta área, que suscita tanta fantasia e assombro, pode abrir portas para uma vida profissional muito gratificante. Mostrou que não é uma utopia e está ao alcance de quem é determinado,  e estudioso, claro está!



terça-feira, 28 de novembro de 2017

ROFOLFO CASTRO CONTOU HISTÓRIAS, MS NÃO ERAM DE ENCANTAR!

Esta manhã, no auditório da biblioteca escolar da escola secundária de Alcochete, o contador de histórias Rodolfo Castro, que se autointitula ironicamente o "pior contador de histórias do mundo" veio surpreender alunos do 12º ano, turmas A, B, C e F, com histórias improváveis, cheias de humor negro e de ironia.




Foi com uma notável expressividade e capacidade de captar o auditório que nos contou histórias simultaneamente divertidas e inquietantes. Versões negras - e mais próximas das originais - de contos de adormecer por todos nós conhecidos, que fizeram sorrir e franzir o público. 


Aproveitou para falar com os alunos da sua origem argentina e de aspetos culturais que distinguem a Europa dos restantes continentes. Explicou ainda como contos que são universalmente contados às crianças, A Gata Borralheira ou o Capuchinho Vermelho, por exemplo, têm origens insuspeitadas,  o Egito ou a China, e foram amplamente suavizadas, transformadas e adaptadas ao longo dos séculos às novas realidades culturais e sociais.



quarta-feira, 22 de novembro de 2017

ASSOCIAÇÕES DE PAIS CONTRIBUEM PARA O PROJETO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE

No passado dia 20, segunda feira, representantes das associações de pais das escolas do agrupamento vieram até à biblioteca da escola secundária para tomar conhecimento das novas linhas orientadoras do Projeto de Educação para a Saúde e darem o seu contributo para o enriquecer, nesta fase de reformulação.



Foi num ambiente informal e caloroso, com chá e bolos servidos pelos alunos do curso vocacional de serviço de mesa e bar, que se gerou uma rica partilha de ideias e experiências destinadas a fomentar práticas saudáveis no nosso agrupamento, tanto a nível da alimentação, como da higiene, da sexualidade e da saúde emocional. Não há dúvida que a convergências de esforços é uma mais valia para alcançar o objetivo comum de todos os intervenientes a bem da saúde da comunidade do concelho de Alcochete.

Para apresentar as novas orientações estiveram presentes a doutora Lina Guarda, do Centro de Saúde de Alcochete, a Diretora do Agrupamento, Cristina Alves, a enfermeira Carla Giro, o Doutor Mauro, a assessora da direção responsável pelo PES (Plano de Educação para a Saúde), Ana Bela Rodrigues, a psicóloga Elisbete Ribeiro e as professoras bibliotecárias, todos parceiros neste projeto.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

MARATONA DA LEITURA

Foram três as turmas da escola secundária que fizeram questão de se associar à celebração do mês Internacional das Bibliotecas Escolares, na já tradicional Maratona da Leitura que se realiza anualmente na biblioteca da escola El Rei Dom Manuel.


No passado dia 31 de outubro, na companhia dos seus professores de português, os alunos do 10º ano de turismo, do 11º ano de informática e do 12ºE leram para os colegas mais novos, que apreciam ver os grandes atuar para eles. Ainda se sentiram mais orgulhosas quando os colegas do 12º ano ficaram a ouvir as suas histórias sobre as emoções!


É sempre um momento agradável e foi bem divertido ouvir dramatizar o Torcicologista, Excelência, de Gonçalo M. Tavares e uma versão em coro falado da célebre canção infantil Atirei o pau ao gato.

Venham mais maratonas!

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Encarregados de educação vieram à escola conhecer o projeto Ser +


No passado dia 24 de outubro, pelas 18. 30 h, a biblioteca da Escola Secundária de Alcochete acolheu um evento algo invulgar no seu espaço. 

Quem entrasse no  local deparava-se com velas acesas a iluminar  o caminho até às lindas mesas ali colocadas por forma a criar um ambiente intimista e tranquilo, nas quais se apresentava com algum requinte um lanche para os convidados.



Foram vários os encarregados de educação e Diretores de Turma que quiseram participar nesta sessão de apresentação do projeto Ser +, o qual tem como finalidade promover a adaptação dos alunos ao contexto educativo, envolvendo toda a comunidade educativa no seu processo de ensino-aprendizagem.

O convívio foi muito agradável e salutar e aproximou os vários intervenientes da comunidade educativa, aumentando a sua sintonia e confiança mútua.



Esta atividade foi dinamizada pela Diretora do Agrupamento, professora Cristina Alves, os professores envolvidos no projeto, Ana Luísa Campos e António Alves, e a psicóloga do Serviço de Psicologia e Orientação do agrupamento, Elisabete Ribeiro, que agradecem calorosamente todos os que se deslocaram à escola na ocasião.


É de destacar de forma muito positiva a participação dos alunos dos cursos de educação e formação de Serviço de Mesa e Bar e dos respetivos diretores de turma, que colaboram neste evento com a organização do lanche.

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

SESSÃO SOBRE LITERACIA DA INFORMAÇÃO NO AUDITÓRIO

No passado dia 17 de outubro, entre as 15.00 h e as 17.30 h, no auditório da escola secundária, tivemos o prazer de assistir a uma sessão de formação sobre LITERACIA DA INFORMAÇÃO orientada por Maria do Rosário Duarte, bibliotecária da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.


Foi, sem dúvida uma sessão muito esclarecedora e útil para a nossa atividade enquanto professores, mas também para a nossa vida, enquanto utilizadores da Internet.

Aprendemos procedimentos destinados a focar as pesquisas, avaliar a informação, selecionar sites...

Trata-se de instrumentos essenciais para tornar a nossa atividade na net, enquanto consumidores de informação, mais eficiente e responsável. 

Resta agora transmitir essas ferramentas tão valiosas aos nossos alunos.

VAMOS GANHAR O CONCURSO ECO SOUND DA AMARSUL!

Este ano, a Amarsul lançou a edição 2017-18 do concurso Eco Sound, destinado às escolas secundárias da Península de Setúbal.Com esta iniciativa a Amarsul pretende promover hábitos de reciclagem entre os jovens deste nível de ensino, bem como na comunidade escolar, em particular os funcionários da escola.A empresa Amarsul destacou assim dois técnicos para virem apresentar na escola o projeto e os vários prémios do concurso, no passado dia 10 de outubro.


Em duas sessões, juntaram-se oito turmas da escola, do 10º ao 12º ano, no auditório, para ouvirem a apresentação do concurso e perceberem como podem fazer com a nossa escola ganhe a versão deste ano, por forma a receber um concerto em exclusivo duma banda nacional e prémios mensais, bilhetes para o festival Sol da Caparica, entre outros prémios.


Agora, é meter mãos à obra para conseguir subir no ranking das escolas e ganhar!



TURMAS DO 10º ANO VISITARAM A BIBLIOTECA DA ESA

Formação de novos utilizadores da Biblioteca da ESA

Como é tradição, no mês de outubro, mês internacional das bilbiotecas escolares, os novos alunos da escola secundária foram conhecer as instalações da biblioteca e gostaram do que viram: um espaço cheio de luz e confortável, onde é bom estar a estudar ou descontrair.

A formação de novos utilizadores da BE é uma atividade que se desenvolve no início de cada ano letivo e destinada aos alunos do 10º ano. É distribuído aos alunos um guião onde estão assinaladas as diversas áreas da biblioteca, que os alunos devem completar, percorrendo os espaços,contactando com o sistema de catalogação dos livros e  respondendo a questões sobre regras gerais de um utilizador de uma biblioteca. 


Descobriram como está organizado o espaço e como estão arrumados os livros nas estantes, para depois saberem encontrar rapidamente aquilo de que precisam.

Tomaram conhecimento dos procedimentos essenciais a seguir quando utilizam este serviço e este espaço, para que todos se sintam bem, quando cá vêm.




Por fim, os alunos dirigem-se ao auditório, onde, em conversa com a professora bibliotecária, abordam outros assuntos práticos, como o modo de pesquisar para os trabalhos escolares e a importância de verificar a veracidade das informações que utilizam e difundem.

Nessa ocasião, foi-lhe ainda apresentada a página Web da biblioteca e as suas potencialidades como auxiliar de estudo, no endereço:    

 http://centrorecursosesa.wixsite.com/biblioteca-da-esal

terça-feira, 19 de setembro de 2017

BOM ANO LETIVO 2017 / 2018!

Cá estamos de novo para mais um ano letivo!




Em cada mês de setembro, a escola volta a encher-se de movimento e ruído, de alunos e professores a percorrer apressadamente, ou demoradamente, os corredores rumo às salas de aula, ou à porta de saída!




É o regresso à atividade para a biblioteca, o regresso dos utilizadores aos computadores e às mesas de estudo; a passagem pelas estantes para descobrir ou encontrar um novo livro, promessa de companhia mais ou menos agradável, mais ou menos desejada...



É bom voltar a ouvir vozes, voltar a sentir o entusiasmo e a alegria abanarem a escola e a biblioteca!

BOM ANO LETIVO PARA TODOS OS QUE HABITAM E POVOAM ESTA CASA!



quarta-feira, 17 de maio de 2017

RECORDOU-SE ZECA AFONSO NA ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALCOCHETE

No auditório da escola secundária de Alcochete, as turmas 12ºA, 12ºG e 11º D assistiram a uma sessão de divulgação da obra de José Afonso, cantor poeta de intervenção que lutou com a sua arte contra a ditadura de Salazar, antes do 25 de Abril e que está para sempre associado a esta data maior da nossa história, por ser o autor da canção Grândola Vila Morena.


No âmbito do estudo da peça Felizmente Há Luar, de Luís de Sttau Monteiro, os alunos ouviram falar da vida no período da ditadura, da repressão e da ausência de liberdade que existiam então.

Jorgete Teixeira, em representação da Associação José Afonso, fez um retrato da personalidade do cantor, salientando o poder da música e a intervenção política do cantor, que viu muitas das suas canções proibidas pela censura e foi perseguido pela PIDE.

Também interveio na sessão Hélida Carvalho, que foi, nos anos sessenta do século passado, em plena ditadura, aluna de José Afonso, em Setúbal, e que veio ler uma página do seu diário, na qual conta o seu primeiro encontro com aquele professor, completamente diferente dos outros, que lhes veio falar de liberdade e da necessidade de acabar com aquele regime que sufocava e oprimia as pessoas.

Foi certamente um momento rico de aprendizagens para estes alunos que descobriram como a vida nesses tempos era tão diferente e pior que a deles. Permitiu certamente alguma tomada de consciência da necessidade de preservar a liberdade de que dispõem e de a usar com responsabilidade cívica.